sábado, 13 de novembro de 2010

Editorial

“Sede santos como vosso Pai do Céu é Santo!”

Irmãos e irmãs, ao celebrarmos a festa de todos os santos, nos faz recordar de tantas pessoas santas, que passaram, até por nossa vida aqui na terra, e que souberam viver, dentro da sua vocação, fazendo a vontade do Pai, e assim, fizeram do seu cotidiano um reflexo da misericórdia e da justiça de Deus. Estes hoje já nos aguardam na glória eterna. São exemplos de vida que vale a pena ser lembrados, e por que não, imitados?!.

Nestes tempos modernos em que há tanto sofrimento, às vezes muito perto de nós, ou até em nossas famílias, ao invés de ficarmos buscando causas distantes, na política, nos fenômenos da natureza, seria melhor que parássemos um instante e olhássemos para dentro de nós. O motivo que pesa mais na origem dos dramas da humanidade é a ausência de santos, de gente que busque, na intimidade com Deus, o sentido da própria vida. São muitas as armadilhas do mal que ameaçam a juventude, os casais, as famílias. E, estas armadilhas só perdem sua força quando se batem com testemunhos de fé e santidade. Não se consegue derrotar violência com agressividade nem vencer a maldade com o coração fechado à compaixão e ao perdão.

Em meio tanta preocupação com a formação intelectual e o preparo físico, é preciso que busquemos, também, ser mais fiéis à nossa vocação à santidade. O mundo tem saudade dos valores éticos e cristãos aprendidos no colo da mãe e no olhar do pai, que sabe amar sem perder o respeito e a autoridade. Tanto a Igreja quanto a sociedade precisam de santos, que dêem testemunho dos valores de que o ser humano carece para ser feliz neste mundo e na vida eterna.

Paz e bem a todos!
Lourdes Barbosa.
Postar um comentário

Muito obrigado pela visita!!!

Clique nas paginas para ver outras matérias.

Seguidores

Total de visualizações de página

Colaboradores

Foto: