sábado, 12 de janeiro de 2013

Janeiro e Seus Encantos...

    2013 já é realidade em nós, e com esse novo ano, vamos criando nossas relações, cultivando amizades, e é claro amores. Há momentos nos quais a vida parece fazer uma curva, chega a uma encruzilhada, para, olha em volta e toma um rumo inesperado, surpreendente, para o bem e para o mal.

    Assim, janeiro tem gosto especial. Tudo recomeça de novo: projetos, viagens, pessoas. Tive a oportunidade de visitar minha terra natal, Florestal-MG e prestigiar a posse de meu primo como prefeito. Um misto de alegria familiar, e a sensação de que a mudança acontece. Em Belo Horizonte, visitei Tia Hila, por tempos não nos encontrávamos. Ter um tio padre na família é muito rico, com sua espiritualidade e alegria aprendemos o valor de cada coisa, e a importância do divino em nossas vidas. As sessões de cinema teve gosto especial, indico o filme: As aventuras de Pi, um enredo envolvente e carregado de reflexões.

    Com a sensação de que nossas raízes familiares é parte essencial da nossa própria personalidade, criamos laços. Como é bom ver, rever e conviver com pessoas especiais.

    E Janeiro dá o pontapé inicial para o novo, é o ritmo vital, que abre e fecha portas com a mesma facilidade que permitiu crescimento e fracasso. Erramos muito, mas devemos tirar lições para que saibamos viver o novo que se faz presente em nós. Quem dá a dica para essa aventura do novo ano, é o poeta Mário Quintana, que dizia: “Bendito quem inventou o belo truque do calendário, pois o bom da segunda-feira, do dia 1° do mês e de cada Ano-Novo, é que nos dão a impressão de que a vida não continua, mas apenas recomeça...”.

    Eis o desafio permanente da vida e do tempo. E este ano vai ser um desafio constante. O ano novo começa, com a vida andando...

    Vida andando, não deixa de deixar sinais. O janeiro começou, e que ele seja novo mesmo com toda força e garra de quem pode e deve criar espaços, rever posições, e acima de tudo mudar sempre. O tempo passa, voa, foge, nós permanecemos, mesmo para além do tempo, afinal não morremos naqueles que nos amam.

    Os desejos de um novo ano dependem só de você, imaginando tudo que já vivemos e vamos viver temos a certeza que construímos, e queremos construir, nos avanços e nos retrocessos, no que ficou para depois, na vontade, na saudade, talvez seja o tempo de parar, antes de entrar no ritmo agitado das horas, das semanas, dos meses.

    Vamos viver e fazer acontecer, 2013 é mais um presente, carregado de surpresas e encantos.
    FELIZ TEMPO NOVO! FELIZ 2013!

Natanael Diniz

Postar um comentário

Muito obrigado pela visita!!!

Clique nas paginas para ver outras matérias.

Seguidores

Total de visualizações de página

Colaboradores

Foto: