quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Lectio Divina

    A Leitura Orante da Bíblia (do latim Lectio Divina) deve estar em nosso cotidiano como um ponto de encontro com Deus. Em nossas orações, devemos estar em constante diálogo com Ele.

    A Lectio Divina é um consistente alimento para a fé. Este exercício quotidiano alimenta o espírito e prepara o discípulo para ser anunciador do Evangelho. A partir desta oração, conscientes do plano de Deus e de sua vontade, podemos produzir os frutos espirituais em nossa vida.

    Não basta apenas ler e estudar a Bíblia para se compreender seu sentido, mas é preciso que tenhamos dentro de nós os sentimentos que animavam Jesus, ter a certeza que somos filhos de Deus e que Ele nos ama.

    A Lectio Divina é deixar-se envolver pelo plano amoroso e libertador de Deus. Santa Teresinha do Menino Jesus dizia, em seu período de aridez espiritual, que quando os livros espirituais não lhe diziam mais nada, ela buscava no Evangelho o alimento da sua alma.

    A Lectio Divina é dividida em quatro partes: leitura, meditação, oração e contemplação.
Os passos para a Lectio Divina:

Preparar o ambiente;
Colocar o corpo em posição digna e cômoda;
Invocar o Espírito Santo (pode ser com a oração: Vinde, Espírito Santo, enchei o coração dos vossos fieis...)

    1- LEITURA: O que o texto diz em si?
Criar silêncio interior, predispondo-se a escutar.
Leitura lenta e atenta do texto.
Momento de silêncio, lembrando o que leu.
Considerar bem o sentido de cada frase.
Repetir alguma frase ou palavra que mais o tocou.
Tentar descobrir as divisões e a articulação do pensamento dentro do texto.
Estar atento a detalhes do texto.

    2- MEDITAÇÃO: O que o texto diz para mim?
Ler de novo o texto.
Atualizar, assimilar e encarnar a Palavra, ligando-a com a vida.
Três ou quatro perguntas para orientar a reflexão.
Tentar alargar a visão, ligando o texto com outros textos bíblicos.

    3- ORAÇÃO: O que o texto me faz dizer a Deus?
Ler de novo o texto.
Assumir um compromisso.
Formular preces para suplicar, louvar e agradecer a Deus.
Recitar um Salmo que expresse o sentimento que está em nós (em mim).

    4- CONTEMPLAÇÃO: Olhar a vida com os olhos de Deus.
Qual o novo olhar que sobrou em mim, depois da Leitura Orante do texto?
Como tudo isto pode me ajudar a viver melhor o meu compromisso de vida?
Que desafios descobri para me aperfeiçoar como discípulo de Jesus.

    Termine com a oração com um Pai Nosso e três Ave Marias, consciente de querer viver a mensagem do Reino de Deus e fazer Sua vontade.

    Cada Leitura Orante que fizer, considere como um encontro pessoal e único com Deus.

Sugestão para um programa de vida espiritual
1- Todos os dias reservar no mínimo 15 minutos para a oração pessoal com a Bíblia;
2- Faça pelo menos uma visita semanal ao Santíssimo Sacramento;
3- Nunca falte à missa dominical;
4- Confesse regularmente;
5- Reze diariamente o terço, se não for possível recitá-lo de uma só vez, faça-o em partes durante o dia, até completar as cinco dezenas.

    Que cada um possa ter um encontro pessoal com Deus em cada oração, e que a Lectio Divina ajude a sermos verdadeiros discípulos e missionários de Cristo a cada momento e em cada lugar que estivermos. E que possamos dizer a cada dia de nossas vidas: “Fala Senhor, teu servo escuta” (1Sm 3,10).

Seminarista Douglas Henrique dos Reis Ribeiro
2º Ano de Filosofia - Seminário Maior “Dom José André Coimbra”

Postar um comentário

Muito obrigado pela visita!!!

Clique nas paginas para ver outras matérias.

Seguidores

Total de visualizações de página

Colaboradores

Foto: