quinta-feira, 14 de junho de 2012

A Fogueira de São João

São João Batista é celebrado na liturgia em duas ocasiões diferentes. O seu martírio é lembrado no dia 29 de agosto e a natividade no dia 24 de junho, sendo essa uma das mais importantes festividades desse período.

O nascimento de João Batista foi anunciado pelo Arcanjo Gabriel, sendo o filho da velhice de Isabel e Zacarias (Lc 1,5-24). Comemora-se o nascimento desse grande santo, porque o fato marcou o início do cumprimento das promessas divinas, João é o último profeta da Antiga Aliança. Ele é identificado com Elias, que estava destinado a preceder imediatamente o Messias para preparar o povo de Israel para a sua vinda.

Após a morte de seus pais, João doou todos os bens da família e viveu na austeridade do deserto. Pregou um batismo de conversão e preparou realmente a vinda de Jesus. Foi João que batizou Cristo no Rio Jordão, quando Deus revelou a divindade de Jesus: “Este é o Meu Filho muito amado; no qual encontro o meu agrado” (Mc1,11).

Isabel, mãe de João estava próxima de dar á luz quando Nossa Senhora foi visitá-la e lhe perguntou como poderia ficar sabendo do nascimento da criança.

Isabel lhe respondeu que quando João nascesse acenderia uma fogueira bem grande e também mandaria erguer um mastro com uma boneca sobre ele. Assim Nossa Senhora ficaria sabendo que o bebê nasceu.

Por isso se chama “fogueira de São João”.

Pascom

Postar um comentário

Muito obrigado pela visita!!!

Clique nas paginas para ver outras matérias.

Seguidores

Total de visualizações de página

Colaboradores


Foto: