segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Ministro da Palavra

A divulgação da Palavra de Deus pela Igreja é decisiva para a fé do Cristão, já que ela possibilita o acolhimento livre ao anúncio salvífico da pessoa de Cristo, acolhimento este possibilitado pela atuação do Espírito Santo.

É através da pregação da Palavra e do Kerigma, que acontece um autêntico encontro com Cristo. Assim a leitura da Palavra na Liturgia, torna-se para os fiéis a primeira e fundamental escola da fé. Por isso deve ser dignamente anunciada nas celebrações, cuidadosamente preparadas para assim ser encarnada na vida.

Cristo, nosso Senhor, para apascentar e aumentar continuamente o povo de Deus, instituiu na sua Igreja vários ministérios, para bem de todo o Corpo.

A partir do Concilio Vaticano II, a Igreja volta seu olhar para o leigo, dando-lhe a grande oportunidade de participar dos diversos serviços.

Com o crescimento do número de comunidades nas paróquias, vários homens e mulheres engajados, têm sido convidados para auxiliar nas celebrações. Esses leigos presidem as celebrações, anunciam a palavra e distribuem a Eucaristia. O Pão Eucarístico servido foi consagrado em uma missa anterior, pois o ministro não pode consagrar.

É um trabalho de doação, porém, não é mais importante de que tantos outros realizados na igreja. O ministro pode ser casado ou solteiro; sendo importante que tenha uma vida equilibrada, procurando dar exemplo de amor ao Evangelho de Jesus Cristo e prática de oração.

Para ser ministro não basta conhecimento humano, nem habilidade humana (talento), mas uma entrega feita de coração para a obra de Deus e para o anúncio da Boa Nova aos irmãos. Para tanto, é necessário ler, meditar, pesquisar e sobretudo pedir a luz do Espírito Santo para que possa anunciar a Boa Notícia de Nosso Senhor.

Ao se apresentar para presidir uma celebração, o ministro precisa ter uma postura de acolhimento aos irmãos. Precisa demonstrar alegria, boa vontade, paciência, entusiasmo, coragem, determinação e humildade.

Ser ministro da palavra não garante nenhum privilégio, antes de tudo é preciso ter a consciência de que se trata de um serviço, de um chamado, que precisa ter uma resposta positiva, porém com total desapego.

Pelo Batismo recebemos o chamado de sermos anunciadores do Reino. E esse anúncio deve ser feito com todo zelo e com todo amor.

Na celebração da Santa Missa do dia 07 de agosto, na Matriz de Santa Terezinha, foram investidos os novos Ministros da Palavra, que se somam aos ministros atuais.

Foi uma celebração de muita fé e alegria, todos radiantes para serem investidos na nova missão de anunciar a palavra de Deus, aos irmãos.

Que Santa Terezinha ajude e ilumine todos os ministros da palavra, para que sejam portadores da ESPERANÇA.

----- Pascom Santa Terezinha -----

Veja a Galeria de Fotos:

Postar um comentário

Muito obrigado pela visita!!!

Clique nas paginas para ver outras matérias.

Seguidores

Total de visualizações de página

Colaboradores

Foto: