sábado, 12 de novembro de 2011

CatequInformando

A Confirmação ou Crisma

    É o sacramento necessário para consumar a graça batismal. Pelo sacramento da Confirmação, os fiéis são vinculados mais perfeitamente à Igreja, enriquecidos de força especial do Espírito Santo, e assim mais estreitamente obrigados à fé. Como verdadeiras testemunhas de Cristo, devem difundir e defender seu Evangelho tanto por palavras como por obras.

    Consiste na imposição das mãos e na unção com o óleo perfumado (crisma). Quem crisma é o bispo ou, por ordem dele, o padre. Quando batizada adulta, a pessoa recebe uma só unção pós-batismal, a da Confirmação. Se for criança, o padre unge-a, depois do batismo, com o santo crisma; unção essa ligada ao rito batismal: ela significa a participação do batizado nas funções profética, sacerdotal e régia de Cristo.

    Pela confirmação, o cristão é enraizado mais profundamente na filiação divina, une-se mais solidamente a Cristo, recebe mais os dons do Espírito Santo, torna-se vinculado à Igreja de modo mais perfeito, recebe uma força especial do Espírito Santo para difundir e defender a fé pela palavra e pela ação, como verdadeira testemunha de Cristo, para professar com valentia o nome de Cristo e para nunca sentir vergonha em relação à cruz.

    Como o Batismo, do qual é a consumação, a Confirmação é dada uma só vez. Pode recebê-lo os que já foram balizados. É necessário estar em estado de Graça e, portanto, todos os que já foram batizados anteriormente, quando crianças, devem participar do sacramento da Penitência antes da Confirmação.

    Somos ungidos na Crisma, e recebemos o Espírito Santo como Dom, para seguirmos Jesus Cristo e participarmos na Missão da Igreja, nas seguintes dimensões:

    - no anúncio (querigma) de Jesus Cristo e sua mensagem;

    - no serviço (diaconia): assumir a ação pastoral da Igreja a serviço do Reino de Deus;

    - na comunhão (coinonia): promover a unidade, a fraternidade, a participação;

    - no testemunho (martíria) da fé através de uma vida cristã e da defesa da justiça em favor dos enfraquecidos e pobres.

    - na celebração (liturgia) do mistério de Cristo na vida da comunidade: eucaristia, sacramentos, festas litúrgicas, expressões da piedade popular.

    A Crisma é o começo, e não o ponto de chegada!

    Em nossa paróquia foram Crismados 126 Jovens, Parabéns!!!

Clique e veja a Galeria de Fotos:

Postar um comentário

Muito obrigado pela visita!!!

Clique nas paginas para ver outras matérias.

Seguidores

Total de visualizações de página

Colaboradores

Foto: